Junta de Freguesia da Moita

Presidente: João Miguel (CDU)

O rio Tejo é o berço desta vila com origem num grupo de lenhadores, carvoeiros e salineiros, que no século XIV, se fixou nesta margem. Desde então, e até ao século XIX, as atividades ribeirinhas como a extração de sal, o transporte de produtos e pessoas entre esta margem e a cidade de Lisboa e a construção naval impuseram-se como a principal base de sustento económico da população, sendo o Cais da Moita o coração da vila onde fervilhavam novidades, chegavam e partiam carroças, embarcavam e desembarcavam gentes e mercadorias, numa movimentação diária cadenciada apenas pelo ritmo das marés.

A malha urbana do núcleo antigo da Moita, em frente ao Cais, estrutura-se a partir de um rua direita, paralela à margem, de onde partem enfiamentos transversais em direção ao esteiro, ligando os mais importantes locais: o Cais, a Igreja de Nª Sr.ª da Boa Viagem e o altar de Nª Sr.ª da Piedade, todos construídos às custas dos “marítimos”.

 Nº de AlojamentosNº de EdifíciosNº de Indivíduos Residentes
20017800306916727
20119017379617653

Área – 2 494 há | Fonte: INE

Presidente: João Miguel (CDU)

  R. Machado Santos, 18 B – 1º 2860-478 Moita

  212808072  FAX: 212808074

LOGO WWW